22 de setembro de 2012

Pássaros Livres I

Existem liberdades que se medem a dois palmos e meio de terra e que se desfazem a três quartos de vento. Assim como existem pessoas que duas voltas e meia e viram tempestades do avesso com sorrisos feitos de quilómetros. Existimos em carne e osso e não sabemos fingir ser de ferro. Não colocamos redomas nas rosas vermelhas nem temos pena que se desfaçam com a velhice porque, afinal, compreendemos que a liberdade da Vida é nascer, renovar e morrer. Deixar as mais belas coisas para trás sem nunca tomar o máximo proveito delas e colocar os amores e os ódios ao lado da capa como se fossem esses a tirar-nos a liberdade. Olhamos em direcções opostas mas compreendemos que os caminhos são sempre em frente e sabemos que desistir não é bonito, nem outras tanto correcto mas desafiamos a leis racionais a perguntar - de que vale desistir se afinal não vale a pena? - E, para nós, deixar no canto essências que não valem a pena não é fácil mas sensato. Somos assim... Simplesmente, feitas de liberdade como dois pássaros sem asas. Mas, afinal do que nos serve as asas se por vezes temos sonhos e nessas poucas vezes o que faz sentido é andar com os pés assentes na Terra?

Um cheio cheio de filosofias para ti, minha liberdade, Mariana

9 comentários:

Afonso disse...

penso que estava na hora de seguir em frente (:

Cláudia Ribeiro. disse...

Achas mesmo?

Mariana disse...

puseste-me a pensar..

Rita Oliveira disse...

Grande sorte! Não fazes perguntas a ti diariamente?

Gabriela. disse...

pois querida, eles demonstra muito arrependimento, mas não consigo perceber porque é que ele fez aquilo, a sério que não percebo, sempre disse a mim mesma que não perdoaria isto, é demasiado grave..

Gabriela. disse...

já lhe dei uma vez, não foi neste caso, mas dei..
eu tenho medo que ele volte a errar, e de ainda me magoar mais por causa disso..

NotFound disse...

Sigo, não só porque gostei do conteúdo do blog, mas também porque me identifiquei com algo que disseste, também perdi muito por não dar segundas oportunidades. *

Gabriela. disse...

pois..

B disse...

Hoje não acordei num dos meus melhor dias, mas acredita que o teu comentário foi capaz de mudar bastante o meu humor. É por todo este carinho que eu adoro este mundo. Fico feliz por gostares, afinal este blog é tanto meu como vosso :)