1 de novembro de 2012

só mau feitio


Penso ser irracional querer sentir-me apaixonada. Andar repleta de boa disposição por razões óbvias e fortes. Marcar-me de linhas pelo sentimento sem medo, quês ou porquês. Andar, num dia, de consciente aos pulos e no outro andar de subconsciente apertado. Ser eterna no corpo de uma pessoa só e dar o infinito a cada gesto meu. Acordar com a ressaca da Saudade, sedenta da paixão, enamorada por um olhar. Vencer guerras com o melhor amigo e inimigo. Deita-lo abaixo e dar-lhe a mão para se levantar em simultâneo. Discutir e vingar a fúria nos lençóis do desejo. Ver as feridas expostas e saber que mais tarde alguém as irá ver, admira-las e cuidar delas. Não ter medo do vento que leva tudo de um passo só. Criar algo assente, com orgulho e muita força. De várias formas e normas. Acordar todos os dias cheia de vontades. De fazer torradas com manteiga e aquecer leite com café sem a melancolia do costume. Andar pela rua e cruzar com curvas e contracurvas sabendo que a melhor curva, agora, é o meu sorriso. É irracional querermos estar apaixonados ou é só impossível querer porque o amor acontece, apenas? Ou, é só impossível porque o Amor é a loucura e nós não podemos querer ser loucos? Então, queria um wisky. Ser louca mas ser feliz

2 comentários:

K'R disse...

Gostei do teu jeito único de escrever, sigo * ;)

Cláudia Ribeiro * disse...

Adoro !