2 de dezembro de 2012

Tenho medo do medo

Dilemas e medos são a mesma essência ou interligam-se formando uma bola de neve? Toda a pessoa por mais garra de leão que possa ter, característica da sua natureza terá sempre algum medo por cima dos ombros. Pesado. O dito cujo mostro debaixo da nossa cama, que não nos deixa viver até cem por cento. E, por vezes, não é o medo comum do Passado. É um medo invulgar do Futuro. É inicializar um ponto sem retorno. O meu maior medo nem as paredes confesso. Não confesso pois um medo é um segredo imaturo. Que nunca de desenvolveu e existem certos segredos que não necessitam de ser contados. Uma história que só nós mesmos sabemos que existe. O meu maior medo possui em parte consciência pesada, uma certa culpa e uma drástica mudança. E, medo que é medo nunca poderá ser destruído. Pelo menos este está-me incrustado na pele e se o arrancar sangrarei. Por isso, se não posso juntar ao inimigo infelizmente junto-me  a ele. Sei que levarei isto até ao fim dos meus dias. É o meu pior veneno, a minha maior armadura, a minha maior contradição. Escrevo-vos sobre o medo porque hoje sinto medo. Sinto medo especialmente de sentir. Até de beijar as minhas mãos geladas pelo frio. Isto é apenas o que acontece quando alguém me toca na Alma de rasante. Nunca sei ao certo o que fazer pois sei o que pior de mim veio desse medo, medo e mais medo. E, sei que o meu pior é um monstro. E, só desta vez, não pretendo estragar nada. Algumas vezes, dá-me uma certa adrenalina ver quem é capaz e quem será sobrevivente. Por outro lado, também me dá gozo ver quem desiste. Só que desta vez quero que seja diferente. Não estou pronta para sentir bonitas essências nas palmas das minhas mãos porque nunca me deram totalmente essas essências. Essa liberdade. Mas, quero. Será o querer um passo para não temer?

3 comentários:

RuteRita disse...

adorei completamente!

kowodzpin disse...

o querer é um passo para o apego. a confiança é que é o que precisas. só a confiança é que nos afecta o medo. não o desconhecido mas sim a falta de confiança é que nos prende e não deixa avançar. confia em ti, confia no mundo, confia que as coisas vao correr bem mesmo que não saibas que coisas serão. confiança só confiança chega.

RitaValente disse...

Eu espetava um "like" no comentário acima, se pudesse.