21 de fevereiro de 2013

Porcos, Feios e Maus

Somos dois animais famintos aninhados naquele canto comum ao relento e ao toque-toque senti-mo-nos quentes. Tem cuidado... Que gosto mesmo e sou faminta. Até penso que seja faminta de ti. Quanto mais me dás mais te quero. Quanto mais te quero menos me rejeitado és. És a minha refeição predilecta. Sou o teu lobo mau em pele de cordeiro manso. De nariz arrebitado e com mau feitio. E, tu és o meu cabrão de sorriso de mel e de carácter atrevido mas... foda-se, adoro os teus apalpões no meu rabo e os teus puxões de cabelo suaves. As tuas trincas nas minhas orelhas. Os teus suspiros no meu ouvido. O teus defeitos incrustados no meu feitio. 

5 comentários:

Aurora disse...

está lindo. e o blog também, adoro-o assim.

Sentimentos Incontrolados disse...

http://takt-los.tumblr.com/post/43222240743

Vi estas tatuagens numa imagem do Tumblr e achei que fosse a tua cara. Era uma destas caveiras que falavas estes dias numa conversa no grupo Blogger no facebook?

Sentimentos Incontrolados disse...

Bem bonita e super colorida, adoro tatuagens assim também :)

Cláudia ♡ disse...

Tenho um desafio para ti no meu blog.

RitaValente disse...

finalmente senti um texto teu como há mto não sentia