19 de março de 2013

Roka forte na sinceridade - o banco da réu

Desculpem a demora, estive a limar as minhas arestas, a fumar um e rir-me como uma chavala de cinco anos. Primeiro, faço a minha apresentação apontando para os cabrões cegos cá da zona: silêncio. Dei tanto amor quanto me deram daí agradeço mesmo tendo a puta da consciência o quanto me inspiram que me suspirem frases como ser um diamante bruto, uma força da natureza, ser uma princesa perdida. Sou assim, a Cláudia a foder cabeças desde 93' é por isso que a minha mãe me perdoa pela *vid4 lock4*... Não sabe que a tenho! Ihihih 

1 - o que mudava no teu blog, era apenas a letra, porque custa-me a ler. é pequenina e a cor não ajuda. de resto, escreves lindamente!
Olá, mudei o tamanho da letra visto que não gosto da letra muito grande. Espero que consigas ler melhor, ainda bem se não peço-te que me deixes um comentário a dizer para mudar a cor. Respect, obrigada.

2- És uma verdadeira princesa e eu admiro-te muito. Vou estar sempre aqui para ti. <3
Nunca defini o meu mundo a base de princesas. Não tive momentos para isso. Infelizmente, o mau de ter de dezone anos é que ultrapassei os dezoito e me acordaram aos berros que era considerada uma pré-adulta desenha para viver noutra espécie de sociedade. 

3- A tua escrita consegue ser tão boa e tão sincera ao mesmo tempo!
Por vezes, custa-me horrores vir escrever. No entanto, tomo a consciência que não escrevo a quantidade de textos que escrevia. E, no entanto essa mesma quantidade exagerada era a quantidade perfeita. Custa-me horrores só porque algo me falta para conseguir estar três dias sem escrever uma linha, um filho da puta de rascunho ao telemóvel. No entanto, obrigada.

4- Dava-te uma valente foda! E adorava que metesses uma foto a fumar!
Tamos juntos! Passei-te o charro :b @
5- AnónimoCriticas certas atitudes de merda que pessoas à tua volta têm para contigo. No entanto, tens essas mesmas atitudes para com outras pessoas.
Ya, pois critico e fazem cinquenta vezes pior e nem tu sabes que somos feitos de instintos. Nem sabes que controlar as nossas malicias é uma forte batalha. Nem tu atiraste pedras ao telhado do vizinho que era uma pessoa com quem gostavas de conviver enquanto tens telhados de vidro. Habitua-te que pessoas como eu vais encontrar muitas vezes na tua Vida. Afinal, somos humanos. 






6- És segura de ti própria mas não verdadeira contigo própria. Não tens consciência da grandeza enorme que já tens e por isso tentas ter mais, desnecessariamente. Não tentes parecer aquilo que não és porque quando tens que ser, és muito mais do que o que pareces.
Concordo contigo. E, não sabes o quanto te odeio nestes momentos. 

7- És um diamante bruto.
Sou um desastre que deram ao Mundo, nossa senhora.

8- não acho piadinha nenhuma a este jogo e digo aqui porque foste a primeira escrever mas ao mesmo tempo estou-me a contradizer por podia simplesmente ignorar, acho-te um pouco esquisita mas isso fascina-me alem de não seres bonita tens um quanto de misterioso ah a adoro o teu titulo inspiraste-me num outro cantinho (; 
:)  smiles. :) Não se usam smiles numa conversa em que se usas criticas. :) Smiles não dão piadas as frases, tornam as frases em anedotas. :) 
Ignora-me: ~~~~~~~~~~~~~~»» Perdertemposmesitiosunicos-pt





2 comentários:

Raquel disse...

Já tinha saudades de visitar o teu blogue, adoro como sempre.

Carina Peixoto disse...

adorei este post, juro :o