11 de maio de 2013

Amor, dá-me lume.

Divagar. Ter sabido de ti, ser capaz. Ser bem mais do que o hábito que costumavas ter. Intoxicação de exageros  curativos a longo-prazo. Ainda ando um pouco nisto do corda bamba e do se é suficiente então não quero saber em alterar qualquer coisa que seja. Vejo então um maço de tabaco pousado na mesa como se fosse uma '38 carregada de balas. Vai-se pelo dia dentro, afoga-mo-nos em sorrisos perdidos e desconhecidos. Na janela do carro pensamos no último reflexo que vimos ontem a noite. Provavelmente, o nosso reflexo predilecto. Porque é a noite que nos despedimos das pessoas que desejávamos cravar um tiro e no entanto morrer por elas. Os nossos reflexos predilectos ainda que nos desfaçam em cacos de vidro são muito mais do que aquilo nos poderia cortar os fios de ligação definitivamente. Ecoa o sorriso bonito no nosso ouvido. Sentimos a pessoa mesmo encostada no nosso ombro. Como se tivesse logo aqui a pedir para que larguemos o cigarro. A pedir que não cravemos o tiro. Perdemos o lume dos caminhos. O incenso do bom perfume. As cinzas que guardamos nos jarros da nossa mente de estáveis memórias. Afinal, acabamos sempre por perder seja o que for... Por isso, dá-me lume. Deixa-me fumar. 

8 comentários:

daniela fernandes disse...

:O
eu vi-te, aqui há umas semanas a subir a avenida de Gaia!! xD

daniela fernandes disse...

:O
eu vi-te, aqui há umas semanas a subir a avenida de Gaia!! xD

nês disse...

escreves tão bem, céus até dá arrepios!

nês disse...

r: é mesmo, por isso é que eu acho que todos devem ser perdoados.. porque é que havemos de guardar rancor de alguém? isso não nos vai fazer mais felizes, isso não nos vai fazer nada, mas perdoar a outra pessoa vai-lhe afetar positivamente, vai-a tornar mais feliz

J. disse...

ler-te faz-me pensar como é ver, ver através dos teus olhos.
estou surpreendida que tenhas comentado exactamente o post de ontem quando passei montes de horas no teu blog e depois escrevi aquilo. acho que me incentivou à expressão. força com isto, adoro o teu sítio.

daniela fernandes disse...

Diz-me uma cena, o grupo do Blog, no facebook... que lhe aconteceu? Desapareceu do meu fb e eu agr não o encontro...

Luna ♡ disse...

a tua maneira de escrever é viciante, escreves realmente bem! parabéns :)

daniela fernandes disse...

Porque que criaram um novo?