5 de outubro de 2013

é segredo

Nunca digas ao Mundo o quanto estás apaixonado. Mesmo que sejas um fogo ardente que te consome o peito e que te vontade de riscar cada singular parede com o nome da pessoa amada... Risca, antes, num papel. Guarda esse papel na vossa gaveta. Naquela cheia de recordações. E, se não tiverem uma, guarda na tua gaveta. Naquela onde ninguém mexe mesmo que não exista chaves para tranca-la. O amor é um segredo entre duas almas. É por isso que é Amor e não uma outra coisa qualquer, um outro sentimento distorcido... Hoje deito-me, assim, apaixonada sem saber o dia de amanhã. O amor é isto... É não saber o dia de amanhã mas saber que o Hoje está garantido.

2 comentários:

1893 disse...

identifico-me tanto contigo que dói.

Alice disse...

Adorei o teu blog. Simples.